Origem do saber - yoga e meditação

20/01/2017 22:36

Origem do saber

 

Saber é a pedra preciosa filosofal, que se pode fundir-se ou quebrar-se, ninguém sabe tudo. Nem o todo sabe tudo, pois tudo esta sempre em constantes mudanças, levando um dado tempo para absorção. Gerando a dúvida e o conflito do saber, mais, o todo saber é propriedade absoluta do todo sempre. Todo aqui é o íntimo vibrando alma do EU Superior em Deus. Não cabe a nós humanos saber tudo, melhor aproveitar todo nosso saber, pelo bem de todo nosso universo humano e divino por existência. A concentração é o saber mais bonito, pois filtra nossas emoções e gera o melhor. Não se concentrar nas coisas que são ruins, pois então depois o ruim se volta a si. As chaves do saber são o tempo, distância, velocidade, sendo o tempo absorção, distancia que a idéia e pensamento têm por destino e a velocidade de chegada e volta do resultado. O saber no Divino é o saber mais maravilhoso, no saber não existem vencedores ou perdedores, tudo é uma perda. À vontade e o desejo são a origem do saber que gera o produto. Saber demais é ruim e não saber nada também.

 

Reflexão

 

Cabe ao individuo saber se o Nirvana é sua morada, ou a causa do mundo.

Saber ser o silêncio mergulhado em si mesmo em percepção de que somos completos por apenas existir, nos torna imediatamente consciente de quem realmente somos, a própria fonte divina, devemos vibrar nosso saber nesta direção.

Por Mahahrdaya V. - Bruno Arcoverde